h1

Medicina de Serpentes

junho 17, 2010

 

  As serpentes pertencem a um grupo animal com a qual a grande maioria das pessoas não está habituada e isso dificulta a empatia. São animais muitas vezes que causam medo e aversão nas pessoas!

Características Gerais:  São animais ectotérmicos (poderão apresentar variações de temperatura, conforme a temperatura ambiente), apresentam respiração pulmonar(não tem diafragma por isso a troca gasosa é menor que a dos mamíferos) e possuem poucas glândulas. A ausência da enzima proteolítica lisozima determina a formação de um exsudado caseoso e abscessos que dificilmente fistulam.

O principal objetivo da medicina aplicada dos répteis é a medicina preventiva! Os cuidados com o Manejo são muito importantes pois cerca de 75 % dos óbitos em répteis são causados por erros de manejo, tais como:

– Erro no ajuste de temperatura

– Excesso de umidade

– Estresse

– Poluição no recinto: água, calor e umidade

– Trauma: tentativas de fugas, contenções inadequadas e hematomas)

Alimentação: Os alimentos das serpentes são roedores, pequenos répteis, anfíbios, lagartixas, outras serpentes, mamíferos. A alimentação vai depender da espécie e seu habitat .

Aquecimento:O sistema imune depende da temperatura. Colocar um aquecedor no recinto e um termômetro de máxima e mínima para registrar as temperaturas.Lâmpadas incandescentes, infravermelha, luz branca ou até aquecedor de aquário podem ser usadas. Mas muito cuidados pois se as serpentes encostarem na lâmpadas podem sofrer graves queimaduras.  A temperatura deve ter uma variação ao longo do dia, pois senão os animais podem apresentar anorexia, perda de peso e danos na espermatogênese. A temperatura ótima é entre 25 e 27 ºC. A cada 10 ºC as reações aumentam em 3x e a cada 1ºC a taxa metabólica aumenta 20 vezes. Os raios UV são interessantes para serpentes por ocasião das provitaminas D para bom desenvolvimento ósseo e prevenção de doenças osteometabólicas.

Doenças mais comuns:

Problemas nutricionais: problemas com temperatura e enzimas digestivas 

– Estomatites: trata-se de uma afecção comum em serpentes. Ocorre com a parada alimentar e discreto aumento de salivação. Geralmente é antecedido por traumatismo. O perigo está na propagação das lesões para esôfago e intestinos levando á septicemia.

– Parasitoses: Endo: coccidioses e helmintoses e Ecto: piolhos comuns em serpentes de cativeiro e carrapatos comuns em silvestres.

– Conjuntivites: Pode ser confundida com a situação fisiológica da muda, mas precisa ser tratada para não causar problemas de bloqueio no ducto lacrimal.

– Problemas da muda: Decorre principalmente de erros na temperatura e umidade. A muda ocorre periodicamente, a capa se esfolia e a troca é total. Cerca de 1 semana antes os olhos ficam opacos. Neste período dificilmente a serpente se alimenta.

– Dermatite úmida: Muito comum e tem tratamento fácil.

Anúncios

6 comentários

  1. Parabéns pelo blog mais uma vez É! está muito lindo e muito interessante!!! =)) Não é a toa que me sinto muito segura em lhe mandar os casos de silvestres, exóticos. Entende do assunto mesmo! 😉 bjos


  2. Olá! tenho uma corn snacke e já algum tempo ela se alimenta de neo nato e depois de alguns dias ela recogita ele inteiro.
    Moro em Mauá S.P e estou com dificuldades pra encontrar um veterinário especializado em repteis por aqui. O que faço?
    Obrigada


  3. Olá Erika, tenho uma eca filhote com cerca de 50cm e faz mais de um mês que ela nao se alimenta. Tenho notado que ela está emitindo um som estranho, algo como os primeiros sons emitidos por uma criança recém nascida. Notei que há uma região na parte inferior do corpo dela, parte branca, mais ou menos a dois terços do corpo, que esta arroxeada. Sabe me informar se ela esta com algum problema e como devo proceder? Ficarei muito grato pelo auxilio.


  4. Olá.Erika,sou acadêmica de biologia bacharel estou tentando fazer um Tcc sobre Patologia ossea encontrada no esqueleto de uma sucuri de quase 6 metros que esta na minha universidade,,será que vc pode me ajudar sobre as possiveis patologias encontradas em cobras.?



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: