Archive for abril \10\UTC 2010

h1

Manual do filhote

abril 10, 2010

Criar um cão requer amor, muito empenho e também muita firmeza! A decisão de ter um cão deve ser bem estudada já que não é apenas uma questão de escolher um cão e sim, aprender a viver com ele.

Preparo do leito

É necessário preparar um lugar protegido das correntes de ar, fácil de limpar, não muito distante do ambiente no qual se desenvolve a vida doméstica para que o filhote tenha contato com a família, pois ele assim como as crianças pode sofrer acidentes.

O Médico veterinário

A visita ao veterinário é uma das primeiras coisas que o novo proprietário de filhote deve colocar no programa. O Veterinário se certificará do estado de saúde do filhote e fazer as vacinações necessárias.

Alimentação

A partir da terceira semana de vida, o leite materno não satisfaz mais as necessidades do filhote. Deve-se oferecer um alimento específico e de boa qualidade, pois um erro na nutrição pode levar a conseqüências para toda a vida do animal. Evitar alimentos feculentos, ossos de animais pequenos, temperos fortes, gorduras, frituras, manteiga, enlatados e embutidos e principalmente os doces. Muito cuidado com cebola e chocolate pois estes alimentos podem intoxicar os cães.

Água

A água deve estar sempre a disposição do cão. Troque-a frequentemente, de modo que esteja fresca e limpa.

Vacinações

As vacinações ajudam a prevenir doenças contagiosas e algumas delas fatais. Filhotes começam um programa de vacinação com idade de 45 dias.

Banhos

Filhotes com menos de dois meses não devem tomar banho, aconselha-se o uso de lenços umedecidos ou gel de banho a seco. E após essa idade, o banho deve ser dado com água morna e secar o pêlo com secador.

Vermes

As infestações por vermes intestinais nos cães são um grave problema. Os cães podem se contaminar facilmente quando passeiam em praças públicas, freqüentam parques ou qualquer outro lugar que tenha contato com outros cães. A contaminação se dá pela ingestão de ovos de parasitas encontrados nas fezes de cães contaminados. Isso porque os cães têm o hábito de farejar muitas áreas, inclusive fezes de outros cães.

O problema é que alguns vermes são transmitidos ao homem, quando você ou seu filho brincam com um cão contaminado, podem estar adquirindo uma zoonose.

Comportamento

Os filhotes são lindos e suas travessuras são motivo de muitas risadas, mas assim como crianças devem ser educados para que quando adultos se tornem amáveis e simpáticos e portanto mais feliz.

Anúncios