Archive for março \19\UTC 2010

h1

Manual do Cão e Gato Idoso

março 19, 2010

Cães e gatos passam pelo mesmo processo de envelhecimento que o homem. Só que isto ocorre em um espaço de tempo muito mais curto. Quando o seu animal de estimação alcança a meia idade, ao redor de seis ou sete anos, é aconselhável passar a visitar o veterinário pelo menos duas vezes ao ano.

Parâmetros etários

O processo de envelhecimento varia com a raça:

– Cães pequenos (menos de 9 Kg) ……………………………. 9 a 13 anos

– Cães médios ( 9,5 a 22,5 Kg) …………………………………..9 a 11,5 anos

– Cães grandes ( 23 a 40 Kg )……………………………………..7,5 a 10,5 anos

– Cães gigantes ( mais de 40 Kg)………………………………… 6 a 9 anos

– Gatos (maioria das raças)………………………………………….10 a 17 anos

Nutrição

À medida que o cão ou o gato vai se aproximando dos seus anos sênior, é importante levar em consideração a necessidade de adaptar a sua dieta, de modo a fornecer, um equilíbrio nutricional mais adequado às alterações a nível corporal.

O tecido muscular precisa ser mantido em boa forma através de proteínas de alta qualidade, enquanto que um reduzido nível de atividade significa que há necessidade de uma dieta de menor teor calórico. Além disso, à medida que o seu sistema digestivo se torna cada vez mais sensível, ele passa a necessitar de nutrientes especiais para apoiar a sua saúde intestinal.         Devem-se evitar mudanças súbitas na rotina diária ou na dieta, proporcionar um alimento facilmente digerível e encontrar determinadas formas de alimento que sejam mais suaves para os seus dentes e gengivas e quando necessário, fornecer a dieta terapêutica adequada para tratar ou se adaptar uma doença.

Problemas específicos dos cães e gatos geriátricos

À medida que os cães e gatos envelhecem, seus órgãos ficam menos eficientes e eles ficam menos resistentes a infecções e a problemas  tais como:

– Obesidade

– Tumores

– Halitose (oropatia)

– Alterações dermatológicas

– Artrite

– Diminuição ou perda da audição e visão

– Doenças crônicas como insuficiência renal, hepática e cardíaca e endocrinopatias

– Tosse

– Incontinência urinária

Mas alguns desses problemas podem ser evitados ou adiados com um programa especial de saúde para cães e gatos idosos, realizado por seu médico veterinário.

Comportamento

 

 Cães e gatos idosos podem ter um decréscimo na sua capacidade de lidar com o stress e isto também pode resultar em mudanças comportamentais. Ansiedade da separação, agressão, irritabilidade, fobias (principalmente a barulhos) e crescente vocalização podem aparecer ou tornarem-se mais agudas, em cães idosos. Vários medicamentos combinados com técnicas amorosas de modificação comportamental podem ajudar a resolver ou diminuir alguns destes problemas.

Alterações para se observar em casa

– Consumo de alimento ( apetite)

– Consumo de água

– Micção e defecação

– Alterações de peso corporal

– Odores anormais

– Calombos e feridas que não cicatrizam

– Tosse e espirros

– Vômito e diarréia

À medida em que o animal  envelhece, sua saúde precisa ser monitorada mais atentamente. Não ignore a mudança na atividade e no comportamento. Muitas destas mudanças podem ser sinais de doenças sérias. Se você estiver em dúvida, consulte seu veterinário e não deixe de levar seu velho amigo para um check-up anual !!!